Perfil – Eu, Cronista

Graciella Tomé - textos

  1. Atualidades
  2. Oficina Santa Sede
Se apaixona?  Se olha?  Olha e nada vê? Morre ou mata? No que exatamente nos atreveríamos a pensar, como o nada ou o tudo, ao ardentemente compor este título? Cássio talvez pensou no dia em que a vida vence a morte. Ninguém, nunca, uma afirmação no vazio do niilismo. Dizemos infinitos e incontáveis nunca mais… quando mais…