liberte seu texto!

Affonso Romano de Sant’Anna

1
O cronista é, irremediavelmente, um escritor crônico. Doente do seu tempo, do seu cotidiano, de sua história, que ele converte, às vezes, em estórias.

O cronista é, irremediavelmente, um escritor crônico. Doente do seu tempo, do seu cotidiano, de sua história, que ele converte, às vezes, em estórias.